Segunda edição da Feira Nacional do Livro do Agreste movimenta Caruaru


Pela segunda vez, de 10 a 15 de outubro, a Capital do Forró vira a Capital da Literatura, com a Feira Nacional do Livro do Agreste – Fenagreste. Promovido pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros – Andelivros, a Companhia Editora de Pernambuco – Cepe, com apoio do Governo de Pernambuco e da Prefeitura de Caruaru, o evento leva à cidade autores das mais variadas vertentes – da literatura infantojuvenil à história brasileira - para debater com o público, realizar cursos e autografar obras. A programação destaca as comemorações pelo Dia das Crianças, 12, e o Dia do Professor, 15.

“Estamos muito satisfeitos por realizar por mais um ano a Fenagreste em Caruaru. A feira cresceu, terá mais um dia de funcionamento, o que também exigiu a ampliação das atividades. Fazemos, portanto, um investimento ainda maior no incentivo à leitura. Oferecemos palestras sobre fatos da história brasileira, como a Revolução de 1817 e o massacre da Granja São Bento, no período militar, e discussões de temais bem atuais, como o empoderamento feminino”, destaca o presidente da Cepe, Ricardo Leitão.
A Feira Nacional do Livro do Agreste ocupará o Espaço Cultural Tancredo Neves e funcionará, diariamente, das 9h às 21h, oferecendo dezenas de atividades gratuitas. Na noite do dia 10, haverá a solenidade de abertura, com a presença de autoridades, e uma homenagem ao escritor José Condé, a quem esta edição é dedicada. A importância do autor para a literatura nacional será destacada pelo também escritor Edson Tavares. A abertura contará ainda com o compositor Onildo Almeida, apresentando a sua famosa música A Feira de Caruaru.
“José Condé é um dos grandes nomes que Caruaru legou à literatura nacional. Não podíamos fugir a esta homenagem em seu centenário e, em especial, no mês do seu nascimento. Estamos muito felizes em trazer a Fenagreste a Caruaru e, mais ainda, em possibilitar que nossos professores da rede municipal adquiram obras na feira e possam se capacitar nas palestras e cursos que serão oferecidos”, afirma a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.
Destacado romancista e contista, José Condé deixou 13 livros. O principal deles Terra de Caruaru, de 1960, ganhou o Prêmio Coelho Neto da  Academia Brasileira de Letras. 
Para o secretário de Educação do município, Rubenildo Moura, a Fenagreste funciona como uma importante ferramenta de complemento ao ensino em sala de aula ao promover o encontro dos estudantes com os autores. “É um momento muito importante. A criança terá a contação de história e, ao mesmo tempo, poderá conhecer o autor da obra, conversar com ele. Teremos um belo Dia das Crianças, com show, oficina, lançamentos de livros infantis, do jeito que a garotada gosta”, salienta.
    Considerada pela Andelivros uma das principais feiras do calendário anual, a Fenagreste se destaca pela forte tradição cultural da cidade, diz o diretor de Feiras da Andelivros, Alventino Lima. “Caruaru é uma cidade que vive a cultura intensamente. E o livro é uma forte ferramenta cultural. Ampliamos a feira mais um dia. Temos certeza que a cidade vai prestigiar e aproveitar ainda mais.”
PROGRAMAÇÃO
Uma das principais atrações da feira, o ator Aramis Trindade ocupará o palco principal logo na noite de abertura. A partir das 19h, ele apresenta a sua versão do clássico Romeu e Julieta em forma de cordel. A peça traz para a cena o escritor Ariano Suassuna, interpretado por Aramis, resgatando as famosas aulas-espetáculo apresentadas pelo autor paraibano.
Na primeira parte da montagem, Aramis recita poema de 98 sextilhas, acompanhado pelos músicos Zé da Flauta e Tuca Araújo (na viola de 12 cordas). No segundo ato, é a vez do personagem Ariano Suassuna falar sobre a origem da história de Romeu e Julieta, literatura de cordel, movimento armorial e cultura popular.
Além de Aramis, destacam-se no leque de mais de 40 atrações a palestra com a sexóloga Carmen Jansen (consultora de comportamento da TV Record, no Hoje em Dia), seguida de debate sobre o empoderamento da mulher com as blogueiras Mirela Paz e Camila Diniz; a oficina literária com Raimundo Carrero; a palestra com o roteirista Nelson Caldas sobre o gênero terror, em especial, o vampirismo; o radialista Geraldo Freire lançando sua biografia; os jornalistas Francisco José (40 Anos no Ar) e Alberto Lima (Quem É Essa Mulher?) e o cantor Maciel Melo, lançando nova edição, pela Bagaço, do seu livro autobiográfico A Poeira e A Estrada.  
GAROTADA
A segunda edição da Feira Nacional do Livro do Agreste vai oferecer ainda uma programação exclusiva para as crianças. Diariamente, na Tenda Infantil haverá contação de histórias, oficinas e muita brincadeira. No dia delas, 12 de outubro, uma atração promete colocar todo mundo para dançar e cantar, Tio Bruninho, que faz show às 15h. Antes dele, às 14h, haverá lançamento coletivo de livros infantis, promovendo o encontro dos pequenos com os autores.
OFICINAS
Um dos focos principais da Fenagreste é a capacitação, por meio de oficinas, cujas inscrições serão gratuitas. A oficina de Criação Literária será ministrada por Raimundo Carrero e acontecerá no dia 13 e 14. O escritor vai apresentar os segredos da ficção, através de exercícios e do estudo de escritores clássicos ou consagrados.
Haverá ainda oficinas de Ilustração de Imagens de Caruaru; de Bonecas Abayomi; Livro Artesanal; Artes Plásticas e de Contação de Histórias.
A Feira Nacional do Livro do Agreste reunirá 50 estandes, onde estarão representadas quase 100 editoras e distribuidoras. A expectativa é reunir, nos seis dias do evento, 60 mil pessoas, entra adultos, jovens e crianças.

Comentários

Postagens mais visitadas